segunda-feira, julho 25, 2011

Pictures of my Life...


"Nada apazigua a saudade. Falta sempre o beijo, o abraço, o cheiro... "

PS: "Sejam Felizes!"

"It will all get better now" and Pictures of my Life...


‎"Everything seems perfect
Everything's okay
It will all get better now
At least that's what they say"


PS: "Sejam Felizes!"

domingo, julho 17, 2011

Sobre esse mar que te deitas...

"Viver não é fácil, sonhar é difícil, amar é para quem tem coração. Já ninguém usa máquinas de escrever para escrever cartas de amor, porque essas deixaram de fazer qualquer sentido. Hoje as pessoas amam-se, todos os dias, de uma maneira diferente. A salvação do amor está no mar, em todos aqueles apaixonados que cravaram uma mensagem numa pedra que as ondas acabaram por levar...

Quando as pessoas vão embora da nossa vida, nós raramente acreditamos que elas realmente foram embora. Ficamos embrulhados nos lençóis brancos, com as janelas fechadas e o coração apertado. Choramos, pensamos, focamo-nos em coisas que passaram e que foram vividas. Nessa altura os nossos olhos deixam de ver o que passa por eles, baixam-se e vêm o que outrora passou e escrevemos cartas, versos sem sentido repletos de perguntas que nunca terão uma resposta.
Quando as pessoas vão embora da nossa vida, nós pensamos no mar, numa praia deserta, mas nunca lá vamos, porque sair torna-se algo inconcebível na nossa imaginação.
Achamos, porém, que nunca irá aparecer alguém, que as suas características são únicas e puras como aquela água que nos fica na memória. Finalmente saímos da cama, com pés que agora ficaram sem força, sem uma direcção coesa e concreta... Vão andando por eles, por um impulso que o coração lhes envia, e vão à pequena caixa do correio, abrem e existem tantas cartas, nós procuramos, nós cheiramos e nada pertence ao tempo que agora passou. Voltamos para dentro, fechamos a porta e encostamos-nos à parede fria e branca que nos recebe todos os dias pensando o quão estúpidos fomos em pensar que poderíamos, na nossa inocência, ter recebido uma carta, uma mudança, uma resposta. Mas não. Ninguém dá respostas quando vai embora, só quem fica, faz perguntas.
A campainha toca e nós deitamos o copo de cristal ao chão, calcamos os vidros e corremos, perguntamos ofegantes quem é, quem é, quem é... E não é ninguém. É só alguém que nos vem visitar, abrimos a porta, o cabelo despenteado, a cara gélida, os pés descalços e gretados e nós deixamos a porta aberta, encostados à parede, desta vez questionando o porquê de as pessoas virem tocar à nossa campainha, questionando o porquê de ainda virem querer ouvir umas histórias de amor perdidos.
Entram em nossa casa olhando para tudo, para aquele vazio com que os recebemos, abraçam-nos, pegam em nós e levam-nos. Não sei para onde ou com quem vou, contigo, sem ti... Não sei, mas vou. Vou porque os meus pés me levam, porque as minhas mãos já não tocam o piano para ti, sem que te sentes nele, com rosas vermelhas... E vou, mas ninguém é tu. É só alguém que me olha e me leva... Alguém que me trás.
Chegamos, e finalmente vejo o mar neste dia de Inverno, neste frio que me constrange a alma. Já não sinto nada, só a tua ausência e molho os pés, com alguém que se apoia no meu ombro e me faz olhar o céu, com um rasto de ti. Sento-me e as ondas batem a uma distância tão curta, sou capaz de as ouvir, como se estivesse de olhos fechados com um búzio e sou capaz de te recordar, ou esquecer, mas só por meros e escassos momentos.
O sol já se vai deitando sobre as colinas e recebo a junção perfeita de cores, quase como um arco-íris que se misturou com água: Um lilás, um cor-de-rosa, um laranja, um amarelo e por fim o verde que leva ao azul...
Sinto paz. E sinto que és o mar, ou que te deitas sobre ele. Levanto-me, e pego numa pedra, peço-lhe uma caneta e escrevo nela ‘‘Boa noite’’. Porque no fundo, tu eras o mar em que eu me deitava e hoje, deitas-te em qualquer sítio de paz, um mar, talvez".


Quero agradecer à Isa Meireles, pela permissão de postar este texto magnifico, da sua autoria.
Pedia a todos que me seguem, que votem nela, num concurso em que ela está a participar...
Fica o link... 

PS: "Sejam Felizes!"

terça-feira, julho 12, 2011

=o)

Hoje apetece-me cá vir dizer que estou de férias... E melhor do que isso, de férias e com o dever cumprido!!!

(BOA JOÃO LOPES! ÉS O MAIOR!!!)

=oD

Hoje sinto-me bem...

PS: "Sejam Felizes!"

sexta-feira, julho 08, 2011

domingo, julho 03, 2011

I agree...

"It's not what you look at that matters...
It's what you see!"


PS: "Sejam Felizes!"

sábado, julho 02, 2011

Pictures of my Life...



PS: "Sejam Felizes!"

Novas cenas manhosas no blog...

De hoje em diante, publicarei algumas fotos, que vou tirando por aí... continuarei com o blog, no mesmo formato que o tenho mantido até hoje, mas acrescentarei esta nova ideia (de vez em quando).  =o)

Espero que valha a pena e que gostem...

Um abraço*

PS: "Sejam Felizes!"