domingo, agosto 28, 2011

Para ti, Izzie...


"Assim, o principezinho cativou a raposa. Mas quando se aproximou a hora da despedida:

-Ai!- suspirou a raposa- Ai que me vou pôr a chorar...

-A culpa é tua- disse o principezinho.- Eu não te desejava mal nenhum, mas tu pediste para eu te cativar...

-Pois pedi- disse a raposa.

-Mas agora vais-te pôr a chorar!- disse o principezinho.

-Pois vou- disse a raposa.

-Então não ganhaste nada com isso!

-Ai ganhei, sim senhor!- disse a raposa.- Por causa da cor do trigo...

Acrescentou a raposa:

- Vai rever as rosas. Tu compreenderás que a tua é a única no mundo. Tu voltarás para me dizer adeus, e eu dir-te-ei um segredo.

Foi o príncipezinho rever as rosas :

- Vós não sois absolutamente iguais a minha rosa, vós não sois nada ainda. Ninguém ainda vos cativou, nem cativastes a ninguém. Sois como era a minha raposa. Era uma raposa igual a cem mil outras. Mas eu fiz dela um amigo. Ela é agora única no mundo.

E as rosas estavam desapontadas.

- Sois belas, mas vazias, disse ele ainda: Não se pode morrer por vós. A minha rosa, sem dúvida um transeunte qualquer pensaria que se parece convosco. Ela sozinha é, porém mais importante que vós todas, pois foi a ela que eu reguei. Foi a ela que pus sob a redoma. Foi a ela que abriguei com o para vento. Foi dela que eu matei as larvas (exceto duas ou três por causa das borboletas). Foi a ela que eu ouvi queixar-se ou gabar-se, ou mesmo calar-se algumas vezes. É a minha rosa.

E voltou, então, à raposa :

- Adeus, disse ele...

- Adeus, disse a raposa. Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos.

O essencial é invisível para os olhos, repetiu o príncipezinho, a fim de se lembrar.

- Foi o tempo que perdeste com a tua rosa que fez tua rosa tão importante.

- Foi o tempo que eu perdi com a minha rosa... Repetiu o príncipezinho, a fim de se lembrar.

- Os homens esqueceram essa verdade, disse a raposa. Mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas. Tu és responsável pela rosa...

- Eu sou responsável pela minha rosa... Repetiu o príncipezinho, a fim de se lembrar".

Apeteceu-me deixar aqui algo para ti...
Um beijo*

PS: "Sê Feliz!" =o)

segunda-feira, agosto 22, 2011

It's Kind of a Funny Story

Um filme que me deixou sem palavras e com muito para pensar...





Não desistam nem tenham medo do futuro...
Vivam o presente, façam aquilo que realmente querem e gostam de fazer.
Lutem pela vossa felicidade.
Deixem os fantasmas, os medos e as incertezas para segundo plano. Não se prendam a eles.
Não pensem no que poderia ter corrido bem e não correu. Abram uma nova página! O que não deu, não deu... Deixem-se de recentimentos. Clarifiquem algumas situações, se porventura vos fizer bem.
Não deixem de estar e falar com aqueles que amam. Esqueçam problemas do passado. Aceitem o presente (por muito que vos custe, porque), afinal de contas, é isso mesmo que temos. Não podemos alterar o passado. Mas com o presente, podemos moldar o futuro.
Façam hoje tudo aquilo que pensaram e quiseram fazer já à bastante tempo, mas que por motivo desconhecido, deixaram de o fazer.
Abracem os vossos país, abracem os vossos amigos. Nunca deixem de dar um carinho a ninguém (com certeza serão retribuídos da mesma moeda).
Não deixem que nada destrua uma amizade. Não deixem que um Amor vos derrote (o coração não escolhe que quem gosta). Sigam em frente, aceitem, e não deixem que isso afecte em demasia a vossa vida.
Não deixem amizades acabarem com isto.
Abram os horizontes... Conheçam pessoas e lugares novos. Façam algo diferente...
Não deixem que nada nem ninguém vos impeça de fazer algo que sabem que vos fará bem.
Façam!
Sozinhos ou com alguém que queiram... mas façam!
Afinal, não temos nada a provar a não ser a nós próprios.


Acima de tudo... PS: "Sejam Felizes!"

quinta-feira, agosto 18, 2011

Procuro Alguém Como Tu...


"Possivelmente estarás a dormir quando te escrevo esta carta, são 4.04 da manhã. Falei contigo hoje por duas vezes e por duas vezes tive a mesma sensação de perceber que tudo aquilo que eu quero é algo muito parecido a ti. Não sei se és tu, mas parece-me que a haver alguém com as tuas características, é essa pessoa que eu quero. Quero alguém como tu e desde que te conheci que a procuro de forma incansável, na esperança que alguém se assemelhe a ti, que se aproxime do que sinto por ti, que me saiba a ti, que me deixe a pensar-te, a imaginar-te o que fazes a esta hora, onde e como estarás. Mas isto, sem que não o percebas e não te incomodes mais, de forma a que sejamos só amigos como tu pretendes. Sejamos claros, a remax em vez de vender andares e colocar outdoors pelas cidades inteiras à procura de compradores de cimento e tijolos e cozinhas nouvelle vague ou lá o que é, devia dedicar-se ao amor e ajudar-me a procurar alguém como tu – apenas isso - de forma a que continuasses a tua vida sem que alguma vez percebesses que é a ti que eu quero e procuro. A remax, a century 21, a Era, essas imobiliárias de betão, deveriam ajudar-me a procurar alguém igual a ti, em vez de um t2 com vista para o mar, de um andar com 5 assoalhadas, de jardins sustentáveis e condomínios fechados e o diabo a quatro. O melhor vendedor da remax que se chama Nuno Gomes, se fosse mesmo o melhor da Europa como dizem que é, poderia ajudar-me nisto: A procurar alguém igual a ti, colocando em todos os outdoors de Lisboa que têm para o efeito, um anúncio em letras grandes à qual se juntaria a tua foto que diria “Procura-se mulher igual a esta”. E posto isto, deixaria o seu habitual número para lhe chegassem propostas e em todas elas, eu, com tudo o que tinha, hipotecava o que houvesse, desde o recheio da casa, à minha modesta conta ordenado, à minha roupa, aos meus haveres, às minhas acções, desde as boas às más, desde o meu quarto à sala de estar, a este escritório, a este computador, a esta camisa que uso, a este teclado com que agora te escrevo.

Procuro alguém igual a ti, peço-te ajuda para isso, não quero interromper a tua vida nem mudá-la, nem sequer fazer perder-te muito mais tempo, desde que me garantas que me arranjas alguém igual a ti. Mas tem que ser igual, exactamente igual. Promete-me isso, quero esse riso na minha vida, quero essas provocações parvas, quero esse teu voluntarismo desinteressado, quero essa cara, esses olhos, esse cabelo, esse foda-se na ponta da língua. Mas não te quero a ti que tens mais que fazer. Esta carta é um pedido de ajuda por isso, porque não é a ti que eu quero, quero isso sim, alguém como tu, alguém que nunca a Remax saberá encontrar".

Fernando Alvim

Retirado *...AQUI...*

PS: "Sejam Felizes!"

segunda-feira, agosto 15, 2011

sexta-feira, agosto 12, 2011

Pictures of my Life...

"I'm all at sea
Where no-one can bother me
Forgot my roots
If only for a day
Just me and my thoughts sailing far away
Like a warm drink it seeps into my soul
Please just leave me right here on my own
Later on you could spend some time with meIf you want to
All at sea"

PS: "Sejam Felizes!"